Ano 2018

Ano 2018
O Jogo que te traz informações e mensagens para 2018!

sábado, 10 de fevereiro de 2018

O Teu Caderno Diário - Terapia MY DISCOVERY



Hoje, falo-vos um pouco de mim, do que gosto de fazer e de algo que me dá o maior prazer enquanto ser humano, de como nasceu a minha terapia..
Ao longo do anos, aprendi a amar-me cada vez mais. O que é que isto significa? Que aprendi a aceitar-me, descobrindo as minhas características e a saboreá-las; compreender por que sou como SOU.
Desde que me lembro de mim, sempre gostei de mim como sou, no entanto, a minha frustração era as outras pessoas não me verem como eu me via, não me compreendiam.
Tive uma educação um pouco diferente das pessoas da minha geração tanto em casa como na escola (durante o ensino liceal). Li desde a minha adolescência sobre o comportamento humano; algo que sempre me fascinou.
Acredito que aprender a amar o outro é algo que trouxe comigo, porque apesar de "sofrer" como humana, o que os outros faziam ou diziam, não me impediu de os aceitar como eram. como descobri isso? Por que apesar de me sentir revoltada ou magoada, eu continuava a gostar dos que me rodeavam. Naturalmente, me via a não simpatizar com este ou aquela, no entanto, isso não significava que não pensasse porque é que aquele ser era como era, o que o levava a ser como era.
Estar atenta à forma como o outro via o mundo independentemente de acreditar com convicção o que eu acreditava.
Ainda hoje sou assim. Isso não me impede de ver as perspectivas do outro e fico grata por as ver, porque me trazem sempre algo.
Sei que as pessoas confundem essa minha força convicta com teimosia ou arrogância, no entanto, sofri muito para compreender que isso é algo com o outro e não comigo. Questionava-me sobre isso e encontrei respostas.
Que mais poderei partilhar convosco sobre mim?
O que eu tenho vindo a construir, faz o ser que SOU e que continuar a caminhar. Dou graças ao Universo por trazer junto a mim, os seres que necessitam de um apoio para se encontrarem.
Pelo que vivi, aprendi, e continuo a sorver, fez-me acreditar que posso fazer a diferença com os que desejam viver a mudança em si e crescer.
É fácil? rsrs Não! No entanto, é mais árduo com uns do que com outros e acreditem que todos os que escolhem esse caminho, têm dentro de si as capacidades para empreender essa Aventura!
Eu tenho demonstrações vivas de alguns seres que têm se cruzado comigo e que têm realizado Transformações Maravilhosas em si, e vivem aquilo que o ser humano procura. Ser Feliz!

Ana Guerra




Deixo uma homenagem a um dos seres que fez parte desta minha caminhada: o meu avô materno Platão. Hoje, seria o dia do seu aniversário (nasceu em 1900).



fotografia: anónima e familiar



Enviar um comentário